quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

Devaneio Sem Nome

A razão nunca foi mesmo o meu forte.
O tesão pelas coisas, pela vida, pelas novidades, pelos outros, por todo mundo, esse sim, sempre foi o meu forte!
Aliás, o meu muito mais forte!
Um forte que me aprisiona dentro de si, numa vontade quase insana de tudo e de todo mundo!
Nesse forte estou protegido de toda a razão que tenta me atacar e me subtrair dos desejos incomuns!
E assim posso sentir todo o tesão louco inimaginado por seres humanos e animais pensantes.

2 comentários:

Fernanda disse...

Materializou.Perfeito!

Anônimo disse...

Primeiro acesso no seu Blog. Primeiro post que eu lí foi este. Parece que você escreveu olhando dentro de mim, que chupou isso da minha essência pelo dedão do meu pé. SAUDADE!